Viseu Capital Jovem da Segurança Rodoviária na reta final

Derradeira semana do projeto realiza-se de 1 a 4 de outubro. Presidente da Câmara e a Vereadora da Educação pintam passadeira no Rossio 

Na segunda semana do Viseu Capital Jovem da Segurança Rodoviária, o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, e a Vereadora da Educação, Cristina Brasete, vão pintar uma mensagem alusiva à segurança dos peões na passadeira que liga o Rossio à Rua Formosa, hoje, segunda-feira, pelas 14h15.

Nesta que será a última semana do projeto, as boas práticas de segurança rodoviária chegarão às crianças das escolas Mestre Arnaldo Malho, Travassós de Cima, Rolando de Oliveira e Aquilino Ribeiro, às quais será disponibilizado um circuito que simula o ambiente rodoviário para que percebam a importância dos cuidados a ter na rua enquanto peões e, um dia mais tarde, como condutores.

O projeto que teve como parceiros o Automóvel Clube de Portugal, CP, BP, Brisa, Fórum Estudante, Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e Direção Geral de Educação, visou a prevenção e sensibilização para a segurança rodoviária, através de ações para alunos do ensino básico, secundário e superior até à população em geral envolvida pelas ações de rua.

Em Viseu foram 22 os parceiros locais que se uniram para apoiar o projeto, como as forças de segurança, de proteção civil e entidades escolares e hospitalares.

A PSP organizou ações de sensibilização para alunos do ensino básico e operações stop onde os alunos foram os agentes. Já a GNR passou um dia na Escola Ebis Jean Piaget com uma pista de trânsito, exposição de meios e ações de sensibilização com os pais no momento em que iam buscar os filhos. Também o INEM, Bombeiros Voluntários, Cruz Vermelha Portuguesa e os Bombeiros Municipais estiveram presentes neste dia para um simulacro de acidente onde os alunos assistiram a uma manobra de desencarceramento.

Tanto a Proteção Civil como os Bombeiros Municipais desenvolveram sessões de sensibilização pelas escolas básicas e secundárias e organizaram um mass trainning de Suporte Básico de Vida para alunos do segundo e terceiro ciclo do ensino básico. Foram ainda dinamizadas ações abordando os temas de Proteção e Prevenção em caso de incêndio e segurança rodoviária em várias escolas, uma parceria entre a Autoridade Nacional de Proteção Civil, o Agrupamento de Escolas Viseu Norte e o Município de Viseu.

O Grupo de Alerta para a Segurança, com a Escola Superior de Educação e os alunos do Centro Hospitalar de Tondela, celebrou o 14º aniversário do Programa Alta Segura e mostrou, na Escola Secundária Alves Martins, como se ativa o Sistema de Emergência Médica na sequência de um acidente.

Também se associaram as escolas profissionais Mariana
Seixas e Profitecla com uma experiência de condução para os alunos e uma ação de sensibilização nas principais passadeiras de Viseu para alertar os peões para os perigos iminentes de atravessar a via pública sem segurança.

Por último, a Escola Superior de Educação desenvolveu uma caminhada inclusiva com os alunos, no sentido de identificar os perigos para transeuntes com deficiência visual, auditiva e mobilidade reduzida e medidas a adotar.

A primeira semana terminou com a final do “Desafio BP Segurança ao Segundo”, nas instalações do Instituto Politécnico, onde alunos de todo o país estiveram a gravar e a editar vídeos alusivos à Segurança Rodoviária.

Já no início do mês de setembro, Viseu recebeu a Academia Brisa Student Drive Camp, onde os estudantes tiveram acesso a um conhecimento mais profundo do “mundo” da condução, do automobilismo e da segurança rodoviária.

Durante 5 dias, os jovens tiveram a oportunidade de participar em atividades relacionadas com a temática da Segurança Rodoviária, desde visitas com dinâmicas práticas com os principais agentes dos Bombeiros, GNR e PSP. Participaram ainda em atividades de karting, simuladores de capotamento, aulas práticas de condução e visita a um centro de inspeção automóvel.