Município de Viseu adquire imóvel para instalar Águas de Viseu no Centro Histórico

A Câmara Municipal de Viseu deliberou hoje a aquisição de um imóvel situado no centro histórico de Viseu para aí instalar as Águas de Viseu (Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento). Atualmente, o prédio encontra-se devoluto e em estado de degradação avançada.

Depois de reabilitado e devidamente equipado, acolherá todo o backoffice e frontoffice dos Serviços Municipalizados, com cerca de 100 colaboradores e mais de 40 mil clientes.

A aquisição traduz um investimento de 325 mil euros. O imóvel data dos anos 20 do século passado e localiza-se no coração do centro histórico, na rua do Comércio (rua Dr. Luís Ferreira) e na Travessa de São Domingos. A Sociedade de Reabilitação Urbana Viseu Novo classificou-o como imóvel de “relevante valor arquitetónico e patrimonial”.

O edifício tem uma área bruta de 1400 metros quadrados e o investimento de reabilitação deverá ascender a 750 mil euros.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, “esta decisão cria no centro histórico uma nova âncora de desenvolvimento e um forte pulmão humano. Para além da reabilitação de um edificado histórico importante, este serviço vai devolver vida e atratividade ao coração da cidade e traduz um passo decisivo na modernização municipal.”

O prédio é composto por R/C comercial, 3 andares e uma cave. Tem uma posição central na Zona Histórica de Viseu, junto do Mercado 2 de Maio e com alçados voltados para três ruas: Travessa de S. Domingos, Rua Dr. Luís Ferreira e Rua D. Duarte. Possui boa exposição e visibilidade resultante das amplas áreas envidraçadas confinantes com a via pública.