Viseu recebe classificação de dois “Monumentos de Interesse Público”

A Igreja de Santo Isidoro, paroquial de Cavernães, e a Capela da Senhora da Saúde em Repeses e São Salvador foram declaradas como “Monumentos de Interesse Púbico”, segundo despacho do Secretário de Estado da Cultura, publicado hoje em Diário da República.

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, destacou que «este é um dia feliz para o património de Viseu. Estas classificações são um justo reconhecimento público da monumentalidade religiosa do concelho e das nossas freguesias. Estes imóveis são pequenas joias preciosas do património local, com valor regional e nacional. Esta monumentalidade e os seus testemunhos históricos não podem mais ser desvalorizados e ignorados. Saúdo por isso a decisão do Senhor Secretário de Estado da Cultura.»

No caso da igreja paroquial de Cavernães, a classificação destaca em especial o valor artístico e histórico das duas pinturas integradas no retábulo setecentista, representando São Vicente e Santo António, executadas cerca de 1550 pelo pintor vienense António Vaz. No caso da capela da Senhora da Saúde, a relevância da classificação fica a dever-se em particular ao conjunto de pinturas murais do século XVII, que revestem quase integralmente o interior.

Para Almeida Henriques estas classificações «são um trunfo importante para a proteção destes monumentos e para o desenvolvimento local das freguesias de Cavernães, Repeses e São Salvador. Este reconhecimento é um encorajamento para que o Município trabalhe pelo reconhecimento público nacional em relação a outros monumentos do concelho, em que há um claro défice. Esta é uma aposta de que não podemos abrir mão.»