Jardins Efémeros já estão na rua e têm arranque oficial a 11 de Julho

Os Jardins Efémeros têm arranque oficial para o dia 11 de Julho, mas as intervenções na cidade já são visíveis. Há instalações a serem preparadas, lugares a ganharem novas formas e imagens.

O evento decorre até ao dia 20 de Julho e traz a Viseu concertos, oficinas, mercados, cinema, artes visuais, arquitetura, teatro, dança e outras atividades culturais e criativas. No total, são quase 300 acontecimentos que marcarão a vida da cdade.

O som é tema mestre nesta edição dos Jardins Efémeros, com destaque especial para o Simpósio “Invisble Places, Sounding cities”, de 18 a 20 de Julho.

Na apresentação do evento, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, destacou que “mais do que no passado, os Jardins Efémeros trazem a Viseu um fôlego de criatividade artística misturado com uma reflexão sobre aquilo a que chamamos “cidade””. Almeida Henriques assinalou ainda que a “componente de reflexão dos Jardins acontece num momento decisivo de debate, questionamento e de viragem da política da cidade”.

Os Jardins são uma organização da Cul de Sac para o Município de Viseu e contam com uma vasta rede de parceiros.