Centro histórico de Viseu ganha “novo pulmão” com 350 estudantes da escola profissional Mariana Seixas

Almeida Henriques classificou o dia como “histórico” para o coração antigo da cidade

O Município de Viseu, a Escola Profissional Mariana Seixas e o Montepio Geral fecharam hoje um acordo para a instalação daquela escola profissional no Centro Histórico de Viseu.

Com este acordo, os 350 alunos e 50 colaboradores da escola passarão a estudar e trabalhar numa das ruas mais emblemáticas do casco antigo da cidade do comércio tradicional: a rua Direita. Atualmente a escola está estabelecida fora da cidade.

O Montepio Geral compromete-se a ceder para arrendamento à escola edifícios do seu património, e o Município a zelar pelas condições de estacionamento e acolhimento na zona histórica daquele centro de ensino.

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, classificou o dia como “histórico para o coração da cidade” e como  “um marco no processo de revitalização”, com especial significado no comércio tradicional, no arrendamento e na oferta de novos serviços. O autarca entende que “a Escola Profissional Mariana Seixas é a nova âncora do centro histórico de Viseu e os seus 400 alunos e colaboradores são o novo pulmão da rua Direita”.

O processo de instalação da escola inicia-se de imediato, com a celebração do contrato de arrendamento e a realização de obras de adaptação, tendo em vista a entrada em funcionamento em janeiro de 2015.

O Município de Viseu alcança assim, sem encargos ou custos associados, um dos objetivos definidos na estratégia de revitalização do centro histórico: radicar instituições de ensino e serviços coletivos que reocupassem de forma permanente o coração antigo da cidade.

“A decadência da rua Direita tem neste acordo um forte travão – diria mais, uma inversão de marcha”, afirmou Almeida Henriques no ato público de assinatura, que juntou Fernando Santo, administrador do Montepio Geral, e Gonçalo Ginestal, diretor pedagógico da Escola Profissional, que destacou a importância desta mudança para o futuro do centro de ensino e o seu potencial de criatividade no centro histórico de Viseu. “Esta é uma nova etapa da Escola Profissional Mariana Seixas”, declarou.

Criada há 15 anos, a Escola Profissional Mariana Seixas é uma instituição de ensino privada que se tem distinguido na formação de jovens e adultos nos domínios do multimédia, da eletrónica e da computação e da informática. Recentemente venceu o prémio nacional do concurso nacional de ideias “INOVA”, com o projeto SmartGear, que desenvolveu um protótipo de um módulo inteligente para um casaco de bombeiros que poderá ajudar a salvar vidas.