Cidade de Viseu terá rede de vias cicláveis e novo acesso às urgências do hospital

A Câmara Municipal de Viseu aprovou hoje a realização de um estudo de especialidade para a criação de uma rede de vias cicláveis na cidade. As propostas serão apresentadas e sujeitas a debate público até ao final deste ano, seguindo-se as obras de adaptação no próximo ano.

O estudo técnico contempla uma caracterização do potencial ciclável da cidade e dos fluxos de habitação, comércio, acesso aos principais serviços (nomeadamente educativos), bem como a ligação da cidade ao centro histórico. O trabalho corresponde a um investimento de 72 mil euros.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, “este estudo lança as bases de uma cidade mais verde, mais amiga do ambiente, da mobilidade e da saúde. A ligação em bicicleta ao centro histórico é uma prioridade do estudo, e será uma realidade no meu primeiro mandato”.

Almeida Henriques destacou ainda a aprovação, por unanimidade, de um investimento do Município para a execução de um novo acesso ao serviço de urgências do Hospital de São Teotónio de Viseu. Esta obra melhorará muito significativamente a entrada dos utentes naqueles serviços e a mobilidade rodoviária em todo o entorno do Centro Hospitalar. O investimento ascende a 52 mil euros.

Aprovado foi também o procedimento de concurso para a execução da reabilitação do pavilhão desportivo da Escola Secundária Viriato. A obra tem um investimento estimado de 280 mil euros.

«O Município não fecha os olhos a uma necessidade dos alunos desta escola e á necessidade de dotar o pavilhão das condições à formação e prática desportivas», sublinha Almeida Henriques.

Na reunião realizada, a Câmara Municipal de Viseu aprovou ainda a atribuição de apoios sociais a 12 famílias, num montante de 30 mil EUR, no âmbito do Viseu Solidário. Estes apoios permitirão a munícipes em situação de grave dificuldade económica assegurar despesas de saúde, habitação e alimentação.