Novo Parque de Santiago abre Domingo com 8 hectares e nova frente ribeirinha

Viseu conquista uma “grande zona de lazer familiar” que passa a unir as duas margens do rio Pavia 

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, inaugura este domingo, 18 de Junho, pelas 10H30, o novo Parque Urbano de Santiago, concluídas que estão as obras de requalificação, alargamento e equipamento do espaço, iniciadas em Fevereiro passado.

O ponto de encontro da visita é o “monte Viseu”.

A nova “grande zona de lazer familiar” da cidade conquista as duas frentes ribeirinhas do rio Pavia, agora unidas por uma ponte pedonal. O espaço cresce para mais do dobro da sua área original, tendo uma dimensão total de oito hectares. Mais arborização e novas arquiteturas, mais equipamentos e mobiliário convertem este lugar num novo atrativo ambiental e social de Viseu.

“A vocação deste lugar enquanto parque ambiental, de lazer familiar e de prática física ao ar livre está finalmente concretizada”, sublinha o Presidente da Câmara, Almeida Henriques. “Está a renascer um pulmão verde em Viseu convidativo, bem equipado e seguro”, conclui. “A natureza, no seu tempo, fará crescer a mancha verde que plantámos”.

A relação da cidade com o seu rio histórico, o Pavia, é também renovada e reforçada com o alargamento do parque às duas margens. A recuperação da galeria ripícola da nova frente ribeirinha da zona é uma das principais novidades ambientais.

Em termos paisagísticos, o Parque Urbano de Santigo irá passar a contar com o “Monte Viseu”, com funções de miradouro e recreio no lugar. Será uma das novidades resultantes da intervenção. No que respeita ao equipamento lúdico e desportivo, destaca-se a instalação de um parque de slide e de campos de basquetebol, assim como a disponibilização de áreas e pavimentos de fitness. Já no plano das arquiteturas o espaço passa a contar com um relógio de sol dedicado ao herói da cidade, Viriato, entre outras estruturas.

A empreitada e  a instalação de equipamentos, arquiteturas e mobiliário urbano representam um investimento municipal de 452 mil euros.