COVID-19: acolhimento de filhos de trabalhadores de serviços especiais nas escolas de Viseu 

Tendo sido decretado o Estado de Alerta em todo o País, com a colocação dos meios de Proteção Civil e das Forças e Serviços de Segurança em prontidão, foram aprovadas regras específicas para auxílio aos trabalhadores de serviços especiais. Nestes enquadram-se profissionais de saúde e segurança, como médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar, elementos da proteção civil, GNR, PSP, bem como dos trabalhadores do Município que asseguram o regular fornecimento de serviços essenciais para as populações, nos diversos níveis.

Desta forma, e seguindo o despacho do Governo, foram definidos, em articulação com os 5 agrupamentos escolares de Viseu, os estabelecimentos de ensino que estarão aptos a receber os filhos, até aos 12 anos, dos trabalhadores de serviços especiais, a partir desta segunda-feira, 16 de março.

Desta forma, os estabelecimentos de ensino de Viseu abaixo indicados, vão estar abertos entre as 9 e as 17 horas (com almoço garantido): 

AGRUPAMENTO VISEU NORTE 

Escola Rolando de Oliveira 

Escola D. Duarte

  

AGRUPAMENTO GRÃO VASCO 

Escola da Ribeira

  

AGRUPAMENTO INFANTE D. HENRIQUE 

Escola Aquilino Ribeiro

  

AGRUPAMENTO DO VISO 

Escola Mestre Arnaldo Malho

  

AGRUPAMENTO DE MUNDÃO 

Escola Básica 2,3 de Mundão

  

O Município reitera o apelo à população para que mantenha um comportamento sereno e responsável, respeitando as recomendações da DGS e utilizando os mecanismos preferenciais de contacto nacional (www.covid19.min-saude.pt), recorrendo à linha telefónica SNS 24 (808 24 24 24) apenas em caso de suspeita de infeção. Não se substituindo a estes canais, o Município tem disponível a linha municipal de Proteção Civil (232 420 390).