Na Casa da Calçada, em Viseu, debate-se o lugar da Cultura em tempos de crise

Mesa-redonda realiza-se na próxima segunda-feira, 14 de setembro, pelas 18H30

“Da Crise da Cultura ao lugar da Cultura na Crise: que perguntas & respostas?” é o nome da mesa-redonda que se realiza na próxima segunda-feira, dia 14 de setembro, pelas 18H30, na Casa da Calçada, em Viseu, iniciativa integrada no programa CUBO MÁGICO.

Ana Carvalho, programadora cultural, investigadora e membro da Comissão de Avaliação do programa municipal VISEU CULTURA; Joana Fernandes, Coordenadora da Estratégia Braga Cultura 2030 e da Candidatura a Capital Europeia da Cultura de Braga; Carlos Martins, consultor de Economia Criativa da OPIUM e gestor de projetos culturais; e Jorge Sobrado, Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Viseu, reúnem-se neste final de tarde para uma conversa, com moderação de David Pontes, Diretor-Adjunto do Jornal PÚBLICO, sobre o lugar, presente e futuro da Cultura em tempos de crise.

O contexto da pandemia COVID-19 teve um forte impacto no setor cultural e nos seus agentes, obrigando a repensar estratégias e meios, a redefinir formatos de trabalho e a traçar um novo presente e futuro para a vida cultural dos territórios, num caminho que suscita ainda muitas perguntas e respostas.

Casos de respostas locais de cariz municipal como Viseu e Braga estarão em cima da mesa desse debate, para além das políticas e instrumentos de âmbito nacional e regional.

Viseu é atualmente reconhecido como um caso de estudo e um modelo de análise no país, dada a prioridade colocada na retoma das atividades culturais, criativas e de produção (no contexto do programa CUBO MÁGICO) e a política de reprogramação e recalendarização de projetos ainda no ano de 2020, abrindo assim espaço à dinamização da economia local e do emprego e à recuperação de uma agenda cultural relevante para a cidade.

A participação nesta mesa-redonda tem a lotação limitada e requer inscrição prévia para o email Este endereçod e email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., até às 18 horas de sexta-feira, dia 11 de setembro.