COMUNICADO: Viseu reforça gestão local de crise para combater contágio comunitário

Face ao recente incremento do número de casos de contágio do novo Coronavírus (COVID-19) no concelho, que à data ascende a 190, assumindo contornos de transmissão comunitária, o Município de Viseu entende proceder a novo reforço da gestão local da crise, em cooperação com as autoridades de saúde e policiais, tendo em vista diminuir os riscos de exposição da sua população à doença e acompanhar, dessa forma, as medidas já conhecidas que vigorarão no contexto do “Estado de Contingência” nacional.

Assim, Município de Viseu e PSP procederão já a partir de amanhã a um reforço das ações de fiscalização, acompanhamento e policiamento de zonas e atividades consideradas especialmente críticas, como sejam bares e respetivas esplanadas, no centro histórico e na sua envolvente. Através de um plano concertado da PSP, Polícia Municipal e serviço municipal de fiscalização, procurar-se-á zelar pelo respeito e cumprimento dos limites horários estabelecidos e promover a disciplina de funcionamento à luz da legislação em vigor, no que respeita nomeadamente a consumo de bebidas alcoólicas e às áreas de esplanada.

Por outro lado, e atendendo ao referido aumento de casos de contágio nos últimos dias, explicado pelo incremento da mobilidade e interações sociais de famílias e jovens no contexto de férias e do Verão, entende ainda o Município, no respeito pelo princípio da prudência, recalendarizar a realização do evento “VISEU ESTRELA À MESA”, prevista entre os dias 11 a 13 e 18 a 21 de Setembro, na Praça da República.

Pese embora o plano de organização e segurança deste evento confira todas as garantias de proteção e distanciamento social, higienização e controlo de acessos e públicos, à semelhança do que sucede no cômputo geral do programa CUBO MÁGICO, considera o Município dever emitir uma mensagem consistente de prevenção e alerta social, prescindindo de uma iniciativa popular não iniciada e apelando a uma consciência e civismo ativos da população.

Atendendo à estreita morfologia da Rua Direita, entende ainda o Município, seguindo o mesmo princípio preventivo de prudência, suprimir o “bairro da restauração” instalado nesta artéria desde 21 de Julho, no âmbito do CUBO MÁGICO, operação que suscita um tempo de permanência de visitantes superior na rua.

Mantem-se inalterada, como até aqui, sem qualquer supressão, a agenda cultural do CUBO MÁGICO até 21 de Setembro e as operações económicas e comerciais em curso no Campo de Viriato, Parque Aquilino Ribeiro e Mercado 2 de Maio, assim como a iniciativa “Vindimas nas Quintas”, que conta com a participação de 13 quintas da região do Dão, com atividades de ar livre limitadas a grupos de 10 pessoas.

De resto, o Município esclarece e assinala que o referido aumento de casos de contágio não tem qualquer relação causal com as atividades culturais, de animação urbana ou de promoção económica empreendidas no âmbito do programa CUBO MÁGICO, sendo este um “plano B” seguro, prudente e responsável, razão que justifica e explica a sua continuidade.

A realização do VISEU ESTRELA À MESA está agora prevista para os meses de Abril/Maio de 2021.