É inegável o valor patrimonial de Viseu. No entanto, a riqueza natural que envolve a cidade e que se espalha pelo concelho é igualmente digna de nota, proporcionando bons momentos ao ar livre.

Bem no centro da cidade, a Praça do Rossio, é circundada por um conjunto de belezas naturais que criam uma atmosfera de paz e tranquilidade inigualável. Aqui localizam-se o Parque Aquilino Ribeiro, o Jardim Tomás Ribeiro e o afectuoso Jardim das Mães.

Ao descer pela Rua Formosa, vamos de encontro ao Jardim de Santa Cristina, mais um local de descanso bem no centro da cidade.

Mais em baixo, descendo pela Avenida Capitão Silva Pereira e seguindo em direcção a mais um dos «pulmões» da cidade: a Cava de Viriato, podemos desfrutar o sossegado Jardim de Santo António.

Seguimos então, em direcção ao maior espaço verde público da cidade: O Parque do Fontelo.

Já mais afastados da cidade, mas não menos belos, “ricos” e interessantes são: Quinta da Cruz, localizada na freguesia de S. Salvador, Monte do Crasto, entre as freguesias de Orgens e Vil de Souto e Monte de Santa Luzia, onde virá a ser construído o Museu do Quartzo.

São algumas sugestões onde o ambiente acolhedor, jardins, fontes, estátuas, sombras, convidam ao lazer, ao descanso, à reflexão e ao conhecimento de nova flora. São locais como estes que fazem de Viseu um lugar tão especial para visitar e…descobrir!