“Fruta escolar” para 3503 crianças este ano em Viseu

 

O Município de Viseu deu início à iniciativa anual de “Fruta Escolar” nas escolas do 1º ciclo do ensino básico do concelho, destinada a fomentar o consumo de fruta das crianças neste nível de ensino, entre os 6 e os 10 anos.

Inserida no programa municipal “Viseu Educa”, a “Fruta Escolar” aplica-se este ano a 3503 alunos, de 54 escolas, e garante a distribuição gratuita de uma peça de fruta duas vezes por semana até ao final do ano letivo. Nesta edição, o arranque fez-se mais cedo.

No programa de distribuição, encontram-se frutas como a maçã Bravo Esmolfe, Starking, Golden e Gala; pera, clementina, laranja e cenoura, num montante de investimento do município de 26 mil euros.

No arranque da iniciativa, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, visitou a Escola Básica de Santiago, onde acompanhou ainda as obras de ampliação e requalificação em curso.

Nesta visita, Almeida Henriques sublinhou que «em Viseu, a prioridade à educação não apenas uma convicção, é uma prática! Em 2015, o orçamento municipal para a educação cresce mais de 20% face a 2014 e representa um investimento de 5,9 milhões de euros.» O fornecimento é garantido pela Cooperativa Agrícola de Fruticultores da Beira Alta e o investimento municipal será candidatado aos apoios disponíveis do IFAP (Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas) para este efeito.

A iniciativa está a ser desenvolvida em parceria com os cinco Agrupamentos de Escolas, que garantem complementarmente a organização de visitas a quintas, mercados e feiras e a sensibilização das crianças para a importância de uma alimentação saudável e do consumo de produtos locais. A medida não substitui outros programas já existentes, como o do leite escolar e a distribuição de fruta nas refeições escolares.