“2017, Ano Oficial para Visitar Viseu” começa a ser apresentado amanhã

Principais “forças vivas” do concelho debatem iniciativa de marketing territorial para 2017

Diversas iniciativas de apresentação de “2017, Ano Oficial para Visitar Viseu” marcam o dia de amanhã, quarta-feira, 4 de Janeiro.

Da parte da manhã, o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, apresentará aos dirigentes e quadros do Município a iniciativa, os seus objetivos e ações.

Da parte da tarde, reúne o Conselho Estratégico do Município, que junta as principais forças vivas do concelho, para debater e “dar fôlego” à iniciativa. A reunião conta ainda com a presença do Presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado.

Será, nesta primeira fase, às instituições locais e regionais e aos próprios viseenses que se destina o lançamento e a comunicação desta iniciativa de marketing territorial, que visa dar “um empurrão positivo” no reconhecimento e na reputação de Viseu, enquanto destino turístico nacional e ibérico.

A iniciativa terá duas vertentes principais – uma interna e outra externa – e um enfoque dominante na participação da própria comunidade local. “Fazer de cada viseense um melhor anfitrião e um embaixador é o principal objetivo”, explica o Presidente da Câmara, Almeida Henriques.

No documento de apresentação da iniciativa que amanhã será conhecido, da responsabilidade do Município e da Viseu Marca, “mais do que uma nova agenda de eventos, a iniciativa visa despertar e promover uma atitude coletiva de hospitalidade.”

Da campanha fará parte um conjunto de medidas de envolvimento comunitário, de renovação e upgrade da agenda de eventos e de promoção nacional e ibérica, segmentada por diversas cidades-alvo.

A comunicação interna quer reforçar e “ativar” o sentido de pertença, o orgulho local, a identidade cultural e a motivação de participação. Talentos locais serão envolvidos em ações especiais de programação e merchandising.

A comunicação externa terá como objetivo aumentar o reconhecimento de Viseu enquanto destino e atrair visitantes, turistas e interesses, apostando em três eixos: cidade de Viriato (património, mitos e lendas), cidade-jardim (de qualidade de vida e cultura) e cidade vinhateira (enogastronómica).

A afirmação de uma alternativa e de um complemento de destino fora do eixo litoral e dos grandes centros urbanos é outro dos objetivos assumidos.

A cooperação institucional local e regional, nomeadamente com os membros do Conselho Estratégico de Viseu e as Entidades Regionais de Turismo, é considerado pelo Presidente da Câmara como “um importante recurso no desenvolvimento da iniciativa”.

A campanha de comunicação que será desenvolvida no âmbito do projeto elege como símbolo e mote o “V” de Viseu, de Viriato, de Vinho, de Visita, de Vasco (Grão Vasco) e de Vamos.  Pelo efeito da aliteração (“V”), a iniciativa quer vincar ainda mais o destino “Viseu”.