Pilotos de aviação comercial vão ser formados em Viseu

 

Instituto de Formação Aeronáutica vai formar pilotos, assistentes de cabine e mecânicos para a aviação comercial. Escola será instalada no Aeródromo Municipal Gonçalves Lobato 

Foi aprovado, esta quinta-feira, pelo Executivo Municipal o protocolo de colaboração com o Instituto de Formação Aeronáutica, que resultará na instalação de um Centro de Formação Aeronáutica no Aeródromo Municipal Gonçalves Lobato, em Viseu.

Este Centro ministrará formação a pilotos e assistentes de cabine (assistentes e comissários de bordo) para aviação e técnicos de manutenção e outros profissionais da aviação.

Estes cursos, com formação teórica e prática, deverão arrancar em setembro próximo.

“Esta é mais uma valência importante no desenvolvimento do nosso aeródromo, uma das maiores estruturas aeroportuárias da região Centro e que recebeu, recentemente, certificação da Autoridade Nacional de Aviação Civil por mais cinco anos”, refere o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques.

De acordo com o protocolo agora aprovado, o Instituto de Formação Aeronáutica compromete-se a manter os cursos por um período de cinco anos, bem como efetuar todas as obras de adaptação do espaço cedido pelo Município no Aeródromo.

Ainda de acordo com o Presidente da Câmara, esta nova competência que se instala no aeródromo vem “consolidar Viseu enquanto destino de investimento” e fixar pessoas, pois num prazo máximo de dois anos, “poderão estar em Viseu cerca de duas centenas de alunos para receber a formação do Instituto de Formação Aeronáutica”.