Presidente da Câmara de Viseu pede audiência à Ministra da Saúde

Degradação dos serviços do Hospital de São Teotónio, nomeadamente nas Urgências, leva Almeida Henriques a pedir nova audiência, com caráter urgente, a Marta Temido

O Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, solicitou esta terça-feira uma reunião com caráter de urgência à Ministra da Saúde, face à degradação dos serviços do Hospital de São Teotónio, nomeadamente no Serviço de Urgências, com evidente prejuízo para os profissionais que nele trabalham, assim como para as populações que a ele recorrem. 

“Este importante Hospital Central, que serve meio milhão de pessoas, deve ser olhado por parte de V. EXª. com um maior cuidado, o que não tem acontecido”, salienta o autarca na missiva enviada a Marta Temido. 

Almeida Henriques, que já este ano reuniu com a titular na pasta da Saúde, diz ser “inadmissível” que após ter sido anulado o concurso das Urgências, por exclusiva culpa do Governo, ainda esteja por reabrir novo procedimento. 

“Este serviço está um caos ao ponto de nem macas existirem para receber os doentes que são transportados pelo INEM, conforme notícia de hoje da SIC”, reforça. 

No encontro com a Ministra, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu pretende ainda saber do “estado da arte” do Centro Oncológico, cujo projeto deveria ter sido apresentado até final de agosto de 2019. 

Recorde-se que este é já o terceiro pedido de audiência que Almeida Henriques faz este ano a Marta Temido – depois de reuniões em abril e junho -, face aos constantes adiamentos na concretização de projetos estruturantes, como a ampliação das Urgências e a construção do Centro Oncológico.