PARTILHAMOS EM… MAIO

Setor Adulto

Tomás Ribeiro – O Homem e a Obra

Tomás António Ribeiro Ferreira nasceu em Parada de Gonta, Tondela, a 1 de julho de 1831. Concluiu os estudos preparatórios no Liceu de Viseu, tendo ingressado no curso de Direito da Universidade de Coimbra, que concluiu em 1855. Exerceu advocacia por um curto período de tempo para se dedicar à carreira política.

Como membro do Partido Regenerador foi Presidente da Câmara Municipal de Tondela, Ministro da Marinha, Ministro das Obras Públicas e Governador

Civil de Braga e Porto. Foi também Embaixador de Portugal no Brasil.

Em 1862, com a obra D. Jaime, inspirado nas rivalidades entre Portugal e Espanha, Tomás Ribeiro iniciou o seu percurso literário.

Escreveu ainda A Delfina do Mal (1868), Sons que Passam (1868), Vésperas (1880), Dissonâncias (1890). As crónicas reunidas em Jornadas (1873), a par da peça dramática A Indiana (1873) e vários poemas coligidos no volume Vésperas refletem a sua experiência na Índia Portuguesa.

Tomás Ribeiro colaborou em periódicos de Portugal e do Brasil, onde publicou alguns dos seus contos e poesias.

Poeta, dramaturgo, historiador, jornalista, advogado, diplomata e político, faleceu em Lisboa a 6 de fevereiro de 1901.

A 4 de julho de 1931 foi inaugurada, em Viseu, a Glorieta do Jardim Tomás Ribeiro, em homenagem a esta figura ímpar da sociedade portuguesa.

 

Setor infantil e juvenil 

Maria Alberta Menéres - Homenagem

A escritora Maria Alberta Menéres nasceu em Vila Nova de Gaia, a 25 de agosto de 1930. A sua obra infantojuvenil inclui poesia, conto, banda desenhada, novelas e adaptações de clássicos da literatura. Colaborou com vários jornais e revistas literárias: Diário de Notícias, Távola Redonda, Cadernos do Meio-Dia e Diário Popular, onde coordenou a secção de iniciação à leitura.

De 1974 a 1986 dirigiu o Departamento de Programas Infantis e Juvenis da RTP e, em paralelo, organizou

a Antologia da Novíssima Poesia Portuguesa, com E.M. de Melo e Castro, seu marido. De 1990 a 1993 dirigiu a revista Pais.

Intervalo foi o seu primeiro livro (1952). A sua obra Água-Memória valeu-lhe o prémio do Concurso Internacional de Poesia Giacomo Leopardi (1960). Em 1986 recebeu o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens, pelo conjunto da sua obra literária.

Da sua obra infantojuvenil destaca-se Ulisses, editado pela primeira vez em 1970, contando já com 45 edições.

Maria Alberta Menéres morreu no dia 15 de abril de 2019, em Lisboa.

 

Setor Multimédia: cinema 

Peter Hewitt

Realizador de cinema nascido em Inglaterra em 1962. Com formação na Natinal Film and Television School e no Conservatório Nacional, onde editou o álbum Piano Sonatas nos. 5-7, op.10 nos. 1-3.

O filme Garfield valeu-lhe o Prémio BAFTA de Cinema. A série Defying Gravity valeu-lhe o Prémio de Melhor Curta-Metragem e BAFTA de Série de TV.

Alguns dos seus filmes mais conhecidos são Bill e Ted - Dois Loucos no Tempo (1991), Tom e Huck 

- Em Busca do Grande Tesouro (1995), Whatever happened to Harold Smith? (1999), Garfield (2003), Um Crime Nada Perfeito (2009).

 

 

   

Setor Multimédia: musica 

Baha Men 


Banda original das Bahamas, conhecida pela sua canção Who Let the Dogs Out?, pela qual venceu em 2000 um Grammy Award na categoria “Best Dance Recording”.

A banda Baha Men foi ainda autora da banda sonora do filme Garfield.