Município de Viseu planta 9 árvores durante a época estival

Espécies foram plantadas no Parque Aquilino Ribeiro, Rossio e avenida Alberto Sampaio 

O Município de Viseu plantou sete jovens árvores no relvado do Parque Aquilino Ribeiro, que vêm substituir os três choupos brancos abatidos por motivos de segurança pública – apresentavam copa seca e fungos no tronco e colo.

As árvores agora plantadas são 2 exemplares de Ginkgo biloba (uma das espécies mais antigas do mundo, originária do Sudeste da China); 1 exemplar de Carpinus betulus (espécie não autóctone, com dispersão por toda a Europa, com interesse ornamental); 1 exemplar de Ulmus minor (espécie autóctone, com interesse ornamental) e 3 exemplares de Prunus cerasifera “pissardii” (árvore de pequeno porte, não autóctone, de interesse ornamental).

“Viseu tem um parque arbóreo de mais 20 mil árvores, espalhadas pelos vários parques e ruas. Estamos a falar de cerca de 150 espécies diferentes, algumas das quais centenárias, pelo que nos é exigido um cuidado permanente”, explica o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques.

Ainda no que diz respeito à intervenção no Parque Aquilino Ribeiro, o Município de Viseu irá proceder à plantação de outras espécies (maioritariamente autóctones) noutros locais onde ocorreram abates, no próximo outono/inverno, por ser a época mais adequada e não existir rega - ao contrário do que acontece no espaço relvado, onde se optou por plantar já as sete árvores.

O Município plantou também uma Tília cordata na Praça da República (Rossio), em substituição de uma árvore da mesma espécie com podridões no colo e pernadas.

Por último, procedeu-se na avenida Alberto Sampaio à substituição de um Prunus serrulata (árvore de pequeno porte, não autóctone, de interesse ornamental), por a anterior ter sido irremediavelmente danificada.