Cobertura do Mercado 2 de Maio já tem visto do Tribunal de Contas

A cobertura do Mercado 2 de Maio, cujo investimento ascende a 4,3 milhões de euros, obteve já visto do Tribunal de Contas. Com um prazo de execução de 18 meses, o projeto para a praça mais emblemática de Viseu prevê, além da cobertura, a execução de um novo sistema de climatização para as lojas, trabalhos gerais de construção civil e requalificação de espaços exteriores. A cobertura irá funcionar como um grande painel, com cerca de 4.300 m2, estimando-se que, por força da energia produzida, tenha um retorno do investimento de cerca de 10 anos.

O projeto inclui assim uma inovadora solução de produção e aproveitamento de energia elétrica que, além de permitir uma maior eficiência térmica do espaço, representa uma clara mais-valia ambiental, energética e financeira. Aliás, os benefícios produzidos pela estrutura beneficiarão também os edifícios vizinhos de propriedade municipal como, por exemplo, a futura sede das Águas de Viseu e os Paços do Concelho. “Temos condições de fazer desde já a consignação, no entanto, o início das obras só será efetuado após o Mercado de Natal, em janeiro, para evitar maiores prejuízos aos operadores económicos”, explica o Presidente da Câmara Municipal, António Almeida Henriques.